quarta-feira, 31 de janeiro de 2024

Dívida Pública e o martírio de todo um povo*

 


Thales Emmanuel, militante da Organização Popular – OPA

 

O que é Dívida Pública e o que ela tem a ver com a minha, com a sua, com as nossas vidas? Vamos saber agora.

A chamada Dívida Pública existe há mais de quinhentos anos. Deveria ser um recurso que o Estado e os governos brasileiros tomariam emprestado a bancos para investir na melhoria da vida de toda a população. Deveria, mas não é! Mesmo o discurso difundido sendo este, a Dívida tem servido mesmo é para sangrar o povo brasileiro e enriquecer meia dúzia de banqueiros e megaempresários. Até porque é este grupo, esta classe de capitalistas, quem determina como seus governos devem aplicar o dinheiro emprestado.

É a partir deste acordo feito às escondidas que governos limitam ao máximo os investimentos sociais em saúde, educação, moradia, Reforma Agrária... Precisam garantir, sem maiores preocupações para os banqueiros, o pagamento dos juros. Você já deve ter ouvido falar em Teto de Gastos, Responsabilidade Fiscal, Superávit Primário, Reforma da Previdência... São palavras “bonitas” que eles usam para enfeitar o roubo que promovem contra a gente.

Investigações feitas no Brasil descobriram inúmeras irregularidades e crimes envolvendo o processo da Dívida Pública. Estudos sinalizam, inclusive, que ela já foi paga mais de meia dúzia de vezes. Ainda assim, os valores atuais já ultrapassam 8 trilhões de reais. Os donos de bancos levam praticamente metade de tudo que o Estado brasileiro arrecada com nossos impostos a cada ano, só com o pagamento de juros e amortizações. Isso mesmo que você leu! Aproximadamente 50% dos cofres públicos vão para megaempresários, enquanto o sistema público de saúde, por exemplo, recebe pouco mais de 3% de investimento. Ou seja, não é por falta de dinheiro que as pessoas morrem na fila dos hospitais; é por decisão política, uma política que assassina e aleija milhões de famílias trabalhadoras. O Bolsa-Banqueiro é responsável direto pelo cruel e permanente martírio pelo qual passa nosso povo!

O que podemos fazer para mudar essa história? Lutar pela suspensão imediata do pagamento da Dívida, até que uma investigação profunda, com participação popular, escancare tintim por tintim a verdade dos fatos. Lutar por uma Auditoria da Dívida Pública!

 

Vamos conversar sobre...

1.      Como os problemas causados pela Dívida Pública são sentidos em nossas vidas?

2.      O que a Dívida Pública tem a ver com nossa Semana dos Mártires?

3.      Como a Dívida Pública interfere no projeto de Jesus de vida plena para todas as pessoas?

 

*Texto utilizado por Missionários/as Leigos/as Redentoristas na Semana dos Mártires de Parnaíba-PI, em 2023.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Brigada Popular de Saúde

Por Jerffson Fei, membro da comissão de comunicação da OPA na Ocupação Carlos Marighella. Nasce a semente da Brigada Popular de Saúde Carl...