terça-feira, 21 de maio de 2024

CÁPSULAS DE BALAS E DESTRUIÇÃO CRIMINOSA: JACINTA SOUSA RESISTE!

 



Equipe de Comunicação da OPA.

 

            A Ocupação Jacinta Sousa conta com a participação de aproximadamente 50 famílias, a maioria nativa, originária de Majorlândia e imediações, no município de Aracati-CE. São descendentes de pessoas que perderam suas terras dentro do contexto dos sucessivos e violentos processos de colonização-invasão empresarial. A forma que encontraram de resistir no presente foram ocupando e pegando de volta uma das terras tomadas de seus ancestrais.

            A retomada da terra vem ocorrendo de forma gradual numa área então completamente abandonada. No estágio atual, as famílias construíram um barracão coletivo, com cozinha, e diariamente se revezam na preparação do espaço para a edificação das futuras casas e quintais produtivos, enquanto o processo de titulação tramita no Judiciário e no IDACE.

            Desde a construção do barracão e cozinha coletivos, a comunidade vem sofrendo com frequentes ameaças e tentativas de intimidação. Um conhecido policial do Raio, à paisana, esteve no local; depois foi a vez de uma mulher, que ligou para um membro da coordenação da OPA, declarando-se representante de um grupo norueguês, supostamente proprietário do terreno. Em ambos os casos, foi dito aos ameaçadores que procurassem os meios legais, que apresentassem os documentos que alegam possuir...

            Apesar de expressarem insistentemente que não é guerra o que querem, mas terra, terra para criar suas crianças e viver com dignidade, as ameaças contra a comunidade só se intensificam. Na madrugada de sábado para domingo, invasores atearam fogo e destruíram o barracão e a cozinha, e dez cápsulas de munição foram encontradas entre os escombros. Testemunhas confirmam ter ouvido sons de tiros.

            Enquanto cobramos uma resposta imediata das autoridades, reafirmamos que não pararemos de lutar em defesa de nossa Casa Comum, como o Papa Francisco chama a vida no planeta. Porque a Terra é para todas as pessoas, e não somente para algumas. Sabemos que é com união e luta que conquistaremos nossos tetos de telha e faremos de nosso teto de nuvem um mundo onde cercas e balas não serão mais capazes de impedir a retomada da dignidade há tempos usurpada.

Compartilhe! Entre em contato! Lute!

Insta: @opa_organizacaopopular





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Brigada Popular de Saúde

Por Jerffson Fei, membro da comissão de comunicação da OPA na Ocupação Carlos Marighella. Nasce a semente da Brigada Popular de Saúde Carl...